Bitcoin futures open interest records as BTC price approaches $10,000

Skew data showed an open interest in the CME Group’s Bitcoin futures which are approaching all-time highs in U.S. dollar terms this week.

Bitcoin, controlled currency supply and market cycles

Bitcoin futures open interest exceeds $450 million
After the drop following the BTC halving in May, the downward trend continued during the last month before rebounding in the last seven days.

Daily volume easily topped $300 million during the week, while open interest exceeded $450 million and was on track to exceed its historic high of $532 million at the time of this article’s publication.

Open interest refers to the total value of derivative contracts that have not yet been settled. High open interest coupled with low volume tends to suggest a speculative pattern among investors, and the rebound in volume provides a comforting signal that a sale can be avoided.

The best chess player of all time backs Bitcoin

This week alone, however, open interest has shot up by over 30% as the BTC/USD regains support levels at around $9,500.

The money is already in Bitcoin
As reported by Cointelegraph, the activity of institutional investors once again became a topic of interest for analysts. This week, U.S. regulators formally allowed registered banks to offer cryptomoney custody service, leading to projections of strong price growth if banks were serious about investing in Bitcoin.

Stories of crypto millionaires with Bitcoin that inspire

According to Capriole asset manager Charles Edwards, an asset allocation of only 1% to BTC would cause prices to rise, eclipsing the $20,000 record for 2017.

„It’s not hard to see where this is going,“ he added.

Grayscale, the investment firm that now owns more than 2% of The News Spy offering, recorded institutional revenues of $1.4 billion during the first half of the year.

Fraude nigeriana apanhada em custódia do FBI Converteu $15 milhões de fundos roubados em Bitcoin

Um homem nigeriano foi acusado de defraudar várias empresas americanas de milhões de dólares pelo Federal Bureau of Investigation (FBI), de acordo com uma reportagem de terça-feira do órgão de notícias local, Vanguard.

O acusado, Olalekan Jacob Ponle, popularmente conhecido como Woodberry, foi preso durante uma operação especial Fox Hunt 2 em Dubai em 10 de junho ao lado da popular celebridade nigeriana Instagram Ramon Olorunwa Abbas (AKA Hushpuppi) e outros 10.

Woodberry e Hushpuppi foram presos por múltiplas acusações criminais incluindo falsificação, fraude bancária, hacking, roubo de identidade e lavagem de dinheiro. Eles alegadamente enganaram mais de 1,9 milhões de vítimas ao redor do mundo, roubando cerca de US$ 435 milhões.

Após sua prisão, os golpistas foram extraditados para os Estados Unidos. O FBI apresentou uma declaração juramentada sobre o caso e afirmou que uma quantia substancial da soma que Woodbery havia obtido dos golpes que ele cometeu entre janeiro e setembro de 2019 estava armazenada em uma carteira Bitcoin que ele operava.

Business Email Compromise

O FBI acrescentou que o acusado havia cometido a maior parte de seus crimes encenando um esquema de Business Email Compromise (BEC), um esquema de fraude em que os pescadores furtivos se fazem passar por executivos de alto nível, visando tanto grandes como pequenas empresas que trabalham com fornecedores estrangeiros e realizam regularmente transferências eletrônicas a fim de defraudá-los.

O esquema BEC que a Woodberry encenou afetou uma empresa baseada em Chicago, resultando em uma perda de US$ 2,3 milhões. Ele também roubou cerca de US$ 15,2 milhões, parte dos quais ele tinha guardado em sua carteira de Bitcoin. Os fundos podem não ser recuperados, considerando que Ponle é provavelmente o único com as chaves privadas da carteira.

As receitas dos esquemas de BEC

A declaração afirma: „A análise preliminar da cadeia de bloqueio indica que Ponle recebeu pelo menos 1.494.71506296 bitcoin relacionado a esses esquemas de BEC, avaliados em aproximadamente $6.599.499,98.

As receitas dos esquemas de BEC, que variam de centenas de milhares de dólares a milhões de dólares, foram então transferidas por funcionários involuntários para as contas bancárias abertas pelas mulas de Ponle. Ponle então instruiu as mulas a converter os lucros para Bitcoin e a enviar os lucros dos esquemas BEC para uma carteira Bitcoin que ele possuía e operava“.

Tanto Ponle como Abbas arriscam-se a enfrentar uma pena de 20 anos de prisão quando julgados e considerados culpados das acusações. Woodberry está marcado para comparecer em 9 de julho.